De Alessandro Barros, curta-metragem “Adeus” é finalista no Festival de cinema de Paulínia

 

O curta-metragem “Adeus”, de Alessandro Barros, foi praticamente produzido para ser inscrito no Festival de Cinema de Paulínia. Barros   começou a trabalhar no filme 15 dias antes do fim da inscrição e terminou o material no último dia possível. Fez algumas modificações no roteiro, escrito em 2007, e partiu para a produção.

“Adeus” é o primeiro curta-metragem dirigido por Barros, que acumula experiência em documentários longa-metragem.

Barros trabalha prioritariamente com vídeos publicitários, e vê semelhanças entre um curta-metragem ficcional e o trabalho que faz no  dia a dia. Cita dois pontos: a linguagem, que acredita que nas duas modalidades tem que ser ágil; e o roteiro, que pede originalidade para conseguir seduzir o espectador sem delongas.

Adeus
O filme mostra José, que assiste pela TV um homem desesperado querendo suicidar-se pulando de um prédio no centro de São Paulo. Todos tentam demovê-lo da ideia durante a trama, com duração de seis minutos.

O curta-metragem será exibido na terça-feira, 12 de julho. Na mesma noite, a ficção “Trabalhar Cansa”, de Juliana Rojas e Marco Dutra, o único longa-metragem nacional que esteve no Festival de Cannes este ano, fará estreia nacional.

Fonte: http://www.viaeptv.com/epnoticia/campinas/variedades/NOT,1,1,356654,De+Indaiatuba+curta-metragem++Adeus++concorre+em+Paulinia.aspx

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.